PROGRAMAS E PROJETOS

Conheça aqui algumas atividades e programas da Sanepar para a conscientização ambiental e melhorias nos processos da Companhia.

» Se Ligue na Rede

O programa Se Ligue na Rede foi criado para evitar a poluição dos rios por meio de ações sociais e ambientais. É realizado nas bacias hidrográficas onde a Sanepar implanta o sistema de esgotamento sanitário. Ele atende ao Manual de Fomento da Caixa Econômica Federal, a Portaria 21/2014 do Ministério das Cidades e a Política Nacional de Saneamento Básico.

COMO FUNCIONA - Em muitos casos, mesmo com a entrega das obras do sistema de coleta e tratamento de esgoto, os corpos hídricos continuam recebendo uma parcela considerável de poluição. Nem sempre a população beneficiada com a rede coletora realiza a interligação adequada do imóvel ao sistema de esgoto. Por isso, para garantir a sustentabilidade das obras entregues e do próprio sistema de esgoto, a Sanepar forma uma rede de gestores socioambientais, responsáveis pela intermediação com a comunidade.

São realizadas reuniões comunitárias nas áreas de intervenção, abordagens domiciliares para sensibilizar e orientar as famílias sobre a importância e a correta utilização do serviço. Além disso, também são feitas vistorias técnicas nos imóveis atendidos com a rede coletora de esgoto. Os moradores recebem informações sobre a obra na sua região, cronograma dos prazos, impactos gerados e orientações sobre as responsabilidades da população e da Sanepar.

FORMAÇÃO - Para capacitar os gestores socioambientais, a Sanepar promove eventos socioeducativos. Assim, eles se tornam disseminadores dos conceitos de sustentabilidade necessários ao saneamento ambiental e ao interesse coletivo. Em paralelo, a Sanepar também capacita encanadores, para que façam a correta interligação das residências à rede de coleta de esgoto.

Atualmente, os trabalhos socioambientais estão presentes em 157 contratos de esgotamento sanitário que atenderam aproximadamente 120 mil pessoas, em 2015. A expectativa é reduzir em cerca de 5.2 mil kg/DBO/dia do total de carga orgânica que hoje é lançada no meio ambiente.

RESULTADOS - O Se Ligue na Rede é uma forma de investir na perspectiva da sustentabilidade financeira, social e ambiental do empreendimento. Seus resultados são bem percebidos na área operacional da Sanepar. Eles permitem o aumento do índice de interligações, a redução dos serviços de manutenção e a melhoria da qualidade do esgoto que chega às estações de tratamento.

O Se Ligue na Rede já foi premiado na categoria Controle da Poluição, do Prêmio Expressão de Ecologia, em 2012, e também na VII edição do Prêmio Melhores Práticas em Gestão Local da Caixa, em 2011. Em 2015, foi finalista do Prêmio Inovação da Gestão em Saneamento (IGS), da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES).

 

» Eco Expresso Sanepar

O Eco Expresso é um centro de educação ambiental itinerante que leva à população informações sobre meio ambiente e saneamento. O ônibus é equipado com uma grande maquete que permite ao visitante conhecer o caminho da água desde a nascente até a sua disposição final, na forma de esgoto tratado. Esse caminho é chamado de Ciclo do Rio ao Rio.

Além dos processos de abastecimento com água tratada e de coleta e tratamento de esgoto, a maquete demonstra como é feita a produção de energia renovável a partir das estações de tratamento de esgoto. Também apresenta o tratamento adequado dos resíduos sólidos urbanos.

O objetivo do Eco Expresso é fazer com que a população se sinta responsável pela preservação dos recursos hídricos e que adote atitudes sustentáveis no dia a dia, como usar água sem desperdiçar, destinar o lixo corretamente e fazer a ligação do imóvel à rede de esgoto de forma adequada.

No ano de 2015, o Eco Expresso esteve presente em todas as regiões do estado e mais de 52 mil pessoas participaram das atividades desenvolvidas.

Para receber a visita do ônibus em seu município, envie um e-mail para visitas@sanepar.com.br

 

» Agenda Ambiental

A Sanepar realiza ações de educação socioambiental em todo o Paraná em datas relativas ao meio ambiente. Estas ações são desenvolvidas em parceria com organizações parceiras e com a comunidade. Mutirões de limpeza nas margens de rios e barragens, plantios de mudas de árvores nativas para enriquecimento florestal, oficinas e palestras são atividades realizadas com freqüência.

De forma corporativa, a Sanepar comemora o Dia da Água (22 de março), o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), Dia da Árvore (21 de setembro) e o Dia do Rio (24 de novembro).

 

» Sustentabilidade: da Escola ao Rio

Em meio ao crescimento urbano, muitas vezes os rios são vistos como obstáculos para o desenvolvimento. São canalizados, sofrem mudanças de curso, redução de volume e poluição das águas. Para estimular a conscientização e os cuidados com os rios urbanos, a Sanepar criou, em 2013, o projeto “Sustentabilidade: da Escola ao Rio”. O objetivo principal é mobilizar alunos e professores, preferencialmente de cursos técnicos em Meio Ambiente, para ações socioambientais em rios urbanos.

São 37 escolas de 30 municípios que adotaram rios para monitorar e cuidar. Nesses locais, os alunos fazem o reconhecimento da bacia hidrográfica, coletas e análises da água para monitorar sua qualidade, plantio de árvores nativas, coleta e destinação adequada de resíduos, mobilização da comunidade ribeirinha e divulgação dos resultados do projeto. Tudo com a orientação de gestores socioambientais da Sanepar e com o apoio técnico e materiais oferecidos pela Companhia.

De 2013 até agora, já foram mais de 390 ações socioambientais abrangendo os 36 rios que são monitorados, com o envolvimento de mais de 6.000 pessoas. Os alunos e professores desenvolvem as etapas do projeto durante todo o ano letivo. Por isso, sempre há atividades sendo realizadas.

 

» Projeto de Sinalização de Mananciais

O projeto Sinalização de Mananciais visa alertar aos motoristas, principalmente os que transportam produtos perigosos, passíveis de contaminar os cursos d’água. O objetivo é evitar acidentes que comprometam o abastecimento público.

Para isso, placas são instaladas no início e no final dos trechos de estrada que cortam cada uma das bacias utilizadas pela Sanepar para a captação de água. O trabalho de sinalização segue a ordem de prioridades, estabelecida de acordo com critérios e cálculos. Entre eles estão a distância entre a rodovia e o ponto de captação, a intensidade do tráfego na rodovia, a quantidade de pessoas abastecidas pelo manancial e o histórico de acidentes na região.

Atualmente, a Sanepar conta com 152 captações de água em rios que podem ser atingidos por sinistros durante o transporte de produtos químicos perigosos para a saúde humana. Os mananciais cortados por rodovias ou ferrovias representam 60% do total. O projeto é uma iniciativa da Sanepar em parceria com as concessionárias de rodovias, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Foram sinalizadas rodovias que cortam 133 bacias de mananciais em todas as regiões do Paraná, com um total de 890 placas instaladas. São beneficiados com o projeto os maiores e os menores municípios atendidos pela Sanepar.

 

» Programa de Revitalização de Rios Urbanos (PRRU)

Baixo custo e agilidade para identificar problemas na rede coletora de esgoto resumem

o Programa de Revitalização de Rios Urbanos (PRRU), implantado em 2011 na Sanepar. Rios e galerias são utilizados como indicadores de qualidade das redes de esgoto, e o parâmetro de análise é o Oxigênio Dissolvido.

Equipes da Sanepar percorrem os rios urbanos em busca de problemas nas redes coletoras e fazem um diagnóstico detalhado de cada local. A partir daí, equipes da área operacional da Sanepar são acionadas para fazer o conserto das redes.

Atualmente, ele é desenvolvido em 74 bacias hidrográficas de Curitiba e da Região Metropolitana e também de Ponta Grossa. Desde o início do projeto, já foram identificadas 1.713 irregularidades na rede. Desse total, 79% já foram totalmente resolvidas.

A comunidade também é parceira do PRRU. Os moradores do entorno dos rios onde o trabalho é desenvolvido também contribuem para manter a qualidade da água. Por meio de um trabalho chamado monitoramento participativo, a Sanepar tem cadastrado moradores para que comuniquem a Sanepar quando identificarem focos de poluição nos rios.

A sistemática de avaliação e a busca pela melhoria do projeto tomam forma durante as reuniões de análise crítica pelo grupo gestor interno, que discute os indicadores do projeto e os resultados na qualidade da água do rio. Os resultados também são comunicados à população em reuniões específicas.


» Coral Sanepar

Criado em setembro de 1983, o Coral Sanepar é formado por empregados e ex-empregados da Sanepar e apresenta um repertório do cancioneiro popular e da Música Popular Brasileira. As apresentações musicais buscam tratar sobre o meio ambiente e, em especial, sobre a valorização da água.

Nesses 34 anos, o grupo vem promovendo entretenimento e difusão cultural, contribuindo para ampliar o relacionamento da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) com a comunidade, fortalecendo a imagem da empresa e a conscientização ambiental, além de estimular o desenvolvimento do talento artístico de seus empregados.

Em suas apresentações, sempre gratuitas e para aos mais variados públicos, o Coral Sanepar busca oferecer para a plateia uma riqueza de sons e ritmos que fortalece os laços da comunidade com a sustentabilidade e a preservação ambiental. Atualmente, o Coral é regido pela maestrina Cristiane Alexandre e pelo maestro Dirceu Saggin.

Apresentações: para convidar o Coral Sanepar para se apresentar em sua cidade, entre em contato pelo email: coralsanepar@sanepar.com.br. O Coral Sanepar se apresenta de maneira gratuita, ficando a cargo do anfitrião algumas despesas, como transporte.

Discografia:
- Disco Coral Sanepar (33 polegadas) – Nov./ 1985;
- CD “40 Anos sem perder o ritmo” (em comemoração aos 40 anos da Sanepar) – Dez./2002;
- CD “50 anos de Histórias: 30 anos de canções - Cantando a Natureza” (em comemoração aos 50 anos da Sanepar e pelos 30 anos do Coral Sanepar) Dez./2013.