Agenda da Presidência

24/02/17
Presidente da Sanepar com Prefeito de Curitiba, Secretário Municipal de Meio Ambiente e membros da diretoria da CS Bio Energia
Presidente da Sanepar apresenta projeto da CSBioenergia a prefeito de Curitiba

Presidente da Sanepar apresenta projeto da CSBioenergia a prefeito de Curitiba

Nesta quarta-feira (22), o presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Mounir Chaowiche, apresentou ao prefeito da capital, Rafael Greca, as atividades que serão desenvolvidas pela CSBioenergia. Sociedade de propósito específico, a CSBioenergia atuará na geração de energia elétrica a partir de subprodutos da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Belém, responsável pelo tratamento do esgoto gerado por 780 mil pessoas em Curitiba e outras cidades da Região Metropolitana. Na geração de energia elétrica da CSBioenergia, também entrarão compostos orgânicos coletados em grandes geradores, como shoppings e restaurantes.
 
Além de ser a dona da ETE Belém, a Sanepar, juntamente com a empresa Cattalini, integra a sociedade da CSBioenergia, que está construindo um complexo industrial para tratamento de resíduos no município de São José dos Pinhais, em uma área de 27.984 metros quadrados. A planta de tratamento de lodo de esgoto e resíduos orgânicos deve entrar em operação em maio e terá capacidade instalada de 2,8 MW de potência elétrica, suficiente para gerar, por ano, 22.440 MW/h, o que daria para suprir o consumo de cerca de 12.600 residências por 12 meses. O investimento na unidade é de R$ 60 milhões.
 
Para a Sanepar, o biogás proporciona uma nova cadeia de valor para o setor de esgotamento sanitário brasileiro. “Seu gerenciamento e utilização possibilitam a melhoria da eficiência na qualidade dos serviços prestados, assegurando a minimização da emissão de gases de efeito estufa, a eficientização energética e, consequentemente, a promoção da sustentabilidade”, disse Mounir.
 
O prefeito agradeceu a visita e disse entender que, com o aproveitamento de resíduos e do biogás, se inicia uma cadeia produtiva importante. “Nossa Secretaria de Meio Ambiente se interessa pelo assunto e iremos estudá-lo, verificar as possibilidades de trabalho”, disse.
 
Além de Mounir e de Greca, a nova presidente da CSBioenergia, Fabiana Campos, o presidente do Conselho da CSBioenergia, Giuseppe Nappa, representando a Cattalini, e o diretor técnico da CSBionergia, Luciano Fedalto, estiveram presentes. Pela prefeitura, participaram o secretário municipal de Meio Ambiente, Sergio Tocchio, a superintendente da mesma secretaria, Marilza Dias, a subprocuradora-geral do município, Rosa Maria Pedroso, e Lucas Navarro de Souza, assessor do prefeito.
 
As atividades da CSBioenergia buscam atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que define como prioridades a não geração de resíduos, a redução da geração, a reutilização, o tratamento e/ou sua disposição adequada.