Ecobike discute mobilidade urbana e leva 500 pessoas a pedalar

Iniciativa de funcionários da Sanepar repercutiu em Maringá e já está na oitava edição

No último fim de semana, de 17 a 19 de junho, ciclistas, ciclo-ativistas e outros participantes da 8ª edição do Ecobike Maringá debateram a inclusão da bicicleta nos planos municipais de mobilidade urbana. Palestras e oficinas estiveram na programação, além do tradicional passeio ciclístico, que reuniu cerca de 500 pessoas. 

Provocamos a discussão e a reflexão da sociedade organizada e de autoridades, por meio de palestras e fóruns. Estamos em um momento em que é preciso repensar a forma como habitamos nossas cidades e como nos relacionamos com o meio ambiente”, destacou Alinor Rodrigues Júnior, empregado da Sanepar e um dos organizadores do evento.

O evento iniciou na noite de sexta-feira (17), na Prefeitura Municipal, e foi encerrado no domingo com passeio ciclístico. Foram percorridos 24 km de bicicleta, entre o Parque do Ingá, Bosque Alfredo Nyfeller, Bosque dos Pioneiros, Horto Florestal e Bosque das Grevílleas. A Sanepar, no Jardim Alvorada, foi o ponto de início e chegada do passeio.

O Ecobike foi criado em 2009, por um grupo de empregados de Maringá, que optaram pela bicicleta como transporte para ir até o trabalho. “O que começou despretensiosamente com um grupo de saneparianos, hoje é um evento municipal que, em cada edição, reúne mais adeptos e apoiadores”, destaca Alinor.