Como verificar vazamentos

Os vazamentos podem ocorrer em qualquer ponto da tubulação. Os mais comuns são torneiras pingando, válvulas de descarga que não travam, tubulações rachadas e na bóia da caixa de água. Há também os vazamentos ocultos, que são aqueles que não vemos e, muitas vezes, exigem os serviços de um encanador. O conserto de vazamentos internos é responsabilidade do cliente.

Caso suspeite de vazamento no imóvel, ou queira controlar o consumo, basta ler diariamente os números pretos do hidrômetro (ignorar os vermelhos). A partir do segundo dia, faça uma conta simples: diminuir o último número do anterior. A diferença é o total de metros cúbicos consumido no período entre as duas medições.

Além do controle que você pode fazer em seu hidrômetro, é possível suspeitar de vazamentos e até detectá-los observando a tubulação que leva água até a caixa d'água, verificando a válvula ou a caixa de descarga, a instalação alimentada pela caixa, paredes, piso e o terreno ao redor da casa. Umidade, gotas de água, descascados na tinta, manchas, bolor, estufamento de paredes, teto e piso, terreno fofo e molhado podem significar vazamentos.

Essas orientações pode ajudar a detectar alguns tipos de vazamentos:

Teste 1 - Vazamento na válvula ou na caixa de descarga:

  1. Esgote ao máximo a água do vaso sanitário e observe o nível. Caso a água volte ao nível em que se encontrava antes, há vazamento na válvula ou na caixa de descarga.

Teste 2 - Vazamento pelo extravasor (torneira da boia defeituosa):

  1. Verifique o funcionamento da torneira da boia. Em dias não chuvosos, observe se há vazamento pelo telhado ou calhas.

Teste 3 - Vazamento no ramal interno alimentado direto da rede:

  1. Mantenha aberto o registro do cavalete.
  2. Feche bem todas as torneiras de casa e não utilize os sanitários.
  3. Feche completamente a torneira da boia da caixa, não permitindo a entrada de água.
  4. Verifique no hidrômetro (medidor) se houve alteração na marcação.
  5. Em caso afirmativo, há vazamento no ramal interno alimentado diretamente pela rede. Chame um encanador.

Teste 4 - Vazamento na instalação alimentado pela caixa:

  1. Feche todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários.
  2. Feche completamente a torneira da boia da caixa, impedindo a entrada de água.
  3. Marque na caixa o nível da água e, após uma hora, no mínimo, verifique se ele baixou.
  4. Em caso afirmativo, há vazamento na canalização, nas torneiras ou nos sanitários, alimentados pela caixa-d’água.

Se ocorrer vazamento no cavalete ou no ramal – tubulação entre o cavalete e a rede da rua – ou mesmo na rua, a Sanepar deve ser informada pelo telefone 0800 200 0115.

Para conhecer melhor as informações quanto à ligação de água, leia o Guia do Cliente.