Notícias

12% dos imóveis do Litoral estão inadimplentes

27/12/2012

Sanepar recomenda que donos quitem os débitos e solicitem a religação antes de viajar para a praia

Donos de imóvel no Litoral do Paraná que ainda não autorizaram o débito da fatura da Sanepar em conta bancária devem verificar se não há pagamentos pendentes. No total, 8.320 clientes, ou 12%, estão com uma ou mais contas em aberto. Muitas destas ligações podem estar com o fornecimento de água interrompido por inadimplência. Hoje, das 68.050 ligações nos cinco municípios litorâneos atendidos pela empresa, 22.232 contam com os benefícios do débito automático.

Para evitar contratempos, a Sanepar recomenda que antes de viajar para a praia o dono do imóvel se certifique de que não há débito vencido há 30 dias ou mais. No início da temporada, é comum centenas de pessoas pagarem os débitos em atraso na mesma data e solicitarem a religação de água imediatamente. “Será difícil atender todos os clientes no mesmo dia, às vésperas do Ano Novo, por exemplo”, explica o gerente da Sanepar no Litoral, Romilson Gonçalves.

Ao efetuar o pagamento na rede bancária, o dono do imóvel já pode autorizar o débito automático da fatura. Os clientes que moram em outra cidade poderão solicitar à Sanepar que a fatura seja entregue no endereço fixo, “o que representa uma segurança a mais para nossos usuários, que podem acompanhar mês a mês se não está ocorrendo alteração no consumo por vazamento”, enfatiza Romilson.

A recomendação de autorizar o débito em conta vale, também, para os clientes que moram em um dos municípios litorâneos. No Litoral, a Sanepar atende os municípios de Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Morretes e Guaraqueçaba.

Para mais informações, a Sanepar orienta entrar em contato pelo telefone 115.

Galeria