Notícias

Alunos de Gastronomia aprendem a usar a água tratada e a rede de esgoto

02/09/2015

150 participantes estiveram na Estação de Tratamento de Água da Vila C, na Sanepar de Foz do Iguaçu

O uso da água tratada e o destino correto de resíduos de óleos e gorduras utilizados na produção de alimentos foram tema de palestras ministradas, nesta segunda e terça-feira (31 e 1), para 150 alunos do curso de Gastronomia e Panificação do Provopar  (Programa do Voluntariado Paranaense), em Foz do Iguaçu. A parceria entre o Provopar e a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) prevê módulos de palestras a cada três meses, quando iniciam as turmas destes cursos.

Os alunos conheceram a Estação de Tratamento de Água da Vila C e ouviram dos técnicos da Sanepar orientações de como usar adequadamente a água tratada, manter limpo os reservatórios domiciliares e destinar corretamente os resíduos de óleo e gordura usados na cozinha.  

A presidente do Provopar em Foz, Esther Oliveira Dantas Dias, falou que a parceria auxilia no processo de aprendizagem quanto à manipulação de alimentos para que os alunos utilizem os recursos naturais de forma adequada. "No processo de produção de alimentos, a água é fundamental. Aprender a usar racionalmente é importante para a profissão deles."

Esther acompanhou os alunos nas palestras e visitas e disse que o encontro contribuiu para desfazer alguns mitos, como a necessidade do uso de filtros em cozinhas. "Nós, no Paraná, temos na torneira uma das melhores águas do país. Nestes encontros, tanto eu quanto os alunos, aprendemos que não há necessidade de filtros", disse.

Fagner Ferreira Pozo, professor de gastronomia do Provopar, explicou que as palestras foram incluídas no início de cada curso para que os alunos tenham consciência da importância e de como a água chega às torneiras. Segundo o professor, só com a higienização dos alimentos, são utilizados cerca de cinco litros de água por aula.

 

Galeria