Notícias

Atendimento com esgoto passou a 81,5% da população no Litoral

12/08/2019

No sábado, foram entregues obras da última etapa de ampliação do esgotamento sanitário e também de abastecimento

A média de atendimento com rede coletora de esgoto no Litoral chegou a 81,5% da população com a conclusão da última etapa das obras de esgotamento sanitário realizadas pela Sanepar. A entrega oficial dessas obras foi feita no sábado (10) pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior e pelo diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, em Matinhos, durante evento de lançamento de investimentos para o Litoral. Além disso, foram entregues obras que aumentaram a capacidade de reservação de água. As obras somaram cerca de R$ 50 milhões.

A Sanepar investiu R$ 45,6 milhões para a ampliação das estações de tratamento de esgoto de Matinhos e Pontal do Paraná, aumentando a capacidade de tratamento do esgoto nas duas cidades. Em Matinhos, a ETE Solimar teve a capacidade de tratamento aumentada de 210 litros por segundo para 402 l/s. Em Pontal do Paraná, a ETE Ipanema passou a ter capacidade de 345 litros por segundo – antes era de 140 l/s.

Pontal também recebeu dois novos reservatórios: no Balneário Atami, com capacidade de reservação de 1 milhão de litros, e no Balneário de Canoas (2 milhões de litros), com investimento de R$ 2,9 milhões. Em Matinhos, foi investido R$ 1 milhão para a recuperação estrutural dos reservatórios da Praia Grande e da Estação de Tratamento de Água.

As obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário tiveram início em 2016 e transformaram o Litoral do Paraná com o melhor índice de balneabilidade do País. Antes das obras, o índice era de 52%. Em 2017, já passou a 64%; em 2018, foi para 80,8%, e agora chegou a 81,5%. O total de investimentos (incluindo esta última etapa) foi de R$ 252 milhões.

O governador destacou a importância dos investimentos da Sanepar para que o Paraná tenha o litoral mais limpo do Brasil. “Enquanto a média no Brasil é de 44%, no Paraná, é de 73%, e no Litoral, chegamos a mais de 80%, perto de indicadores de Primeiro Mundo”, disse Ratinho.

O presidente da Sanepar falou que os investimentos em saneamento promovem saúde para a população. “Com essas obras, a Sanepar leva saúde para os moradores e evita que os municípios gastem com doença. E essa melhoria na qualidade do Litoral não beneficia apenas os moradores daqui, mas todos os paranaenses que vêm para cá usufruir das praias”, ressaltou Stabile.

Também participaram do evento, que anunciou também obras de pavimentação, o vice-governador Darci Piana, o superintendente da Caixa Econômica Federal Curitiba Leste, Adriano Borges Rezende, o prefeito de Pontal do Paraná, Marcos Fioravante, o prefeito de Matinhos, Ruy Hauer, os secretários de Estado João Carlos Ortega (Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas), Márcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável e do Turismo), Hudson José (Comunicação Social e Cultura), Guto Silva (Casa Civil), os diretores da Sanepar Joel Macedo (Investimentos), Andrei Rech (Jurídico), Julio Gonchorosky (Meio Ambiente), Toco Zanetti (Comercial), o gerente regional do Litoral, Arilson Mendes, deputados e outras autoridades.

 

Galeria