Notícias

Barragens da Sanepar estão com 100% da capacidade de armazenamento

30/01/2017

A reservação de água bruta é suficiente para vários meses, mesmo sem chuvas

As quatro barragens da Sanepar, que atendem Curitiba e Região Metropolitana, estão totalmente cheias. Quando atingem o nível máximo, elas têm uma capacidade de reservação de água suficiente para um período de 6 a 8 meses, mesmo que não chova.

As barragens do Piraquara I, Piraquara II, Iraí e Passaúna fazem parte do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba (SAIC) e armazenam 150 milhões de metros cúbicos de água bruta.

Mesmo com esta situação de normalidade e tranquilidade no armazenamento de água, uma quinta barragem, do Miringuava, começa a ser construída este ano para atender a demanda prevista para os próximos 15 anos. Localizada no município de São José dos Pinhais, a nova barragem terá capacidade de armazenamento de 38 bilhões de litros de água e vai possibilitar uma produção de água de 2 mil metros cúbicos por segundo.

“Apesar das chuvas e do armazenamento de água estar dentro do que é previsto para este período, temos que considerar que a água, antes de chegar aos imóveis, passa pelos sistemas de captação, produção e distribuição, e que esses sistemas dependem de energia elétrica, e da realização de obras de melhorias e de manutenção para terem um bom funcionamento”, disse a gerente da Produção de Água em Curitiba e Região, Rita Becher.

Em razão disso, ela recomenda o uso de caixas-d’água nos imóveis, com capacidade para atender as necessidades dos moradores por pelo menos 24 horas, e recomenda também o uso racional da água, como forma de evitar desperdícios. “Não podemos esquecer que a água é um bem finito e que essas medidas ajudam a manter a regularidade no abastecimento”, afirmou.

Galeria