Notícias

Cascavel ruma para a universalização do saneamento básico

31/01/2020

Empresa interligou mais de dois mil e setecentos imóveis ao sistema somente no ano de 2019

A ampliação do sistema de coleta de esgoto em Cascavel não para. A Sanepar implantou em 2019 26,5 km de redes coletoras em diversas regiões da cidade e fez melhorias operacionais no sistema. Essa expansão possibilitou a interligação de mais 2.716 imóveis ao sistema de coleta e tratamento do esgoto. Ainda em 2020 serão implantadas novas redes que vão universalizar o atendimento com saneamento básico na área urbana, com a interligação de 4.183 imóveis.

O diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, afirma que mesmo a Sanepar tendo cumprido e antecipado a meta contratual de chegar em 2021 com 90% no índice de cobertura com esgotamento sanitário, a Sanepar continua trabalhando para que mais pessoas sejam beneficiadas com o sistema. “Cascavel já é destaque no cenário nacional pelos seus indicadores excepcionais e, com o empenho da equipe da Sanepar, vamos disponibilizar coleta e tratamento de esgoto a todos os moradores da cidade”, destaca.

Em 2019, os investimentos de mais de R$ 4 milhões permitiram o assentamento das tubulações de esgoto nos bairros Sanga Funda, Esmeralda, Canadá, parte do Santa Felicidade e do São Cristóvão. As melhorias executadas nos sistema beneficiam as regiões do Santa Mariana, Morumbi, Santo Onofre, Esmeralda, Região do Lago, Aclimação, Neva, Santa Felicidade, Cancelli, Maria Luiza, 14 de Novembro, Pioneiros Catarinense, Brasília, Centro, Universitário, Bela Vista, Tarumã, Coqueiral e Alto Alegre. Está em andamento a instalação de redes em partes dos bairros Santa Felicidade e São Cristóvão, nas proximidades do Cemitério São Luiz.

Estão sendo licitadas obras para implantação de rede coletora na região do Jardim Santos Dumont, onde serão assentados 10,4 km de tubulação para atender mais 566 imóveis.

Para completar o atendimento com a rede coletora em todo o perímetro urbano de Cascavel estão previstos pelo menos mais 31 km de redes que vão coletar o esgoto nas regiões do Julieta Bueno, Melissa, Jaborá, Brasmadeira, Lupatini, Mirante, Santa Fé, Barcelona, Tocantins, Garbin, Quatro Estações e parte do Interlagos. Os projetos e o orçamento já estão em andamento na área técnica da Companhia.

Cascavel tem hoje quase 1.000 km de tubulação que coleta o esgoto de 120 mil domicílios da cidade e transporta para as quatro estações existentes, onde recebem 100% de tratamento antes de serem devolvidos aos cursos de água.

Redes sendo implantadas no Santa Felicidade

 

 

Galeria