Notícias

Duchas ecológicas agradam veranistas no Litoral

29/12/2018

Mais de 30 mil pessoas já se refrescaram com as duchas do Projeto Chuá. Já foram retiradas mais de 40 toneladas de lixo das praias

Mais de 30 mil veranistas tomaram banho nas duchas ecológicas instaladas pela Sanepar nas praias de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, nos primeiros dias da Operação Verão. Ao longo da orla, foram instaladas 55 duchas em 10 pontos fixos. O Projeto Chuá tem pegada ecológica porque as duchas retiram água do lençol freático, que é tratada com pastilha de cloro para ser utilizada pelos banhistas. A água não é potável. “Também é uma medida de economia de água potável porque as pessoas podem tirar a areia do corpo antes de ir para casa. Com isso, usam menos água durante o banho”, afirma a gerente de educação socioambiental da Sanepar, Vanusa Salvador.

Ela disse que esses equipamentos são colocados à disposição dos veranistas, mas houve vandalismo em alguns pontos. “O Projeto Chuá é voltado ao bem estar da população. E as pessoas devem então preservar esses equipamentos para que durem todo o Verão. É preciso um olhar mais cuidadoso para este espaço coletivo”, disse.

A cantora Elizabeth Lopes, que mora em Curitiba, aproveita as duchas quando está na praia. “Além de refrescar, ajuda a manter a higiene porque a gente sai da praia mais limpa”, afirma. O vendedor Marcel Junior Deodato, de Assis (SP), avalia as duchas como “maravilhosas”. Em Caiobá desde o dia 27, ele conta que todos os dias tem tomado banho de ducha. “Eu saio do mar e imediatamente venho para cá. É impressionante porque refresca e tira o sal do corpo. É a minha melhor aquisição deste ano”, brinca.

Os pontos fixos de duchas são em Matinhos, nas praias Pipeline, Praia Mansa, em frente ao Sesc e próximo ao número 2010 da Avenida Atlântica; em Guaratuba, nas praias Central e Caieiras e próximo à Associação dos Magistrados do Paraná; e em Pontal do Paraná, em Pontal do Sul e nas praias de Ipanema e de Leste.

EDUCAÇÃO SOCIOAMBIENTAL – Os veranistas também estão recebendo sacolinhas plásticas para depositarem o lixo gerado na praia, viseiras e leques com informações educativas sobre preservação ambiental e da água. O representante comercial Gustavo de Carvalho Neme Kenski, que mora em Curitiba, afirma que o trabalho de limpeza e de distribuição de sacolinhas ajuda a manter a praia mais limpa e agradável. Ele elogiou também as duchas. “Todo mundo usa para tirar a água salgada do corpo. É muito bom”, disse.

LIMPEZA NAS PRAIAS – Dez equipes estão fazendo coleta manual dos resíduos nas praias durante o dia. A partir das 20h, a Sanepar coloca em funcionamento seis máquinas saneadoras para revolver a areia, num processo de higienização. Já foram coletadas mais 40 toneladas de lixo, que terão a destinação adequada feita pelas prefeituras. A limpeza é feita em 48 km de faixa de areia. As tendas com os maquinários estão nas praias de Matinhos, Pontal do Paraná (balneário Praia de Leste) e Guaratuba.

 

 

Galeria