Notícias

Espaço ambiental lança atividade especial para Educação Infantil

15/07/2019

Monitores especializados conduzem a visitação junto aos educadores e pequenos visitantes

A história do maior rio do Estado do Paraná, o Iguaçu, já pode ser vivenciada por crianças da Educação Infantil, em Curitiba. Apesar de julho ser momento de pausa nas atividades em sala, a novidade vem em boa hora para os educadores, uma vez que o recesso escolar é, também, dedicado ao planejamento para o próximo período. 

Mantido pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), o espaço de educação ambiental Memorial do Rio Iguaçu iniciou, nesta virada de semestre, um atendimento especial para receber turmas escolares de crianças com mais de 6 anos de idade.

A professora Andressa Castro de Paula, do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vila Verde II, foi uma das primeiras a conferir a atividade, concluindo, em campo, uma extensa programação ambiental realizada previamente. Após trabalhar o tema na escola, em casa, envolvendo famílias e comunidade, sua turma de 16 alunos participou experimentalmente da visita, e aprovou a proposta.

“A aula de campo contribuiu muito, permitindo ampliar o olhar das crianças. Além de conhecer o Rio Iguaçu, aprenderam com brincadeiras e atividades lúdicas como evitar o desperdício de água. Foi muito enriquecedor”, avalia.

O coordenador dos Centros de Educação Socioambiental da Sanepar, Junio Ferreira Lima, explica que um dos momentos mais propícios para despertar a consciência ambiental de futuros cidadãos é nos mais primários anos de atividade escolar.

“A educação ambiental na infância desperta a consciência de preservação e cidadania. Ao demonstrar a importância do uso racional dos recursos naturais, transmite às crianças as noções de preservação, responsabilidade individual, de equilíbrio entre a natureza e o homem. Quanto mais cedo for trabalhada a educação ambiental, maiores são as chances de impactar as práticas do dia a dia”, explica Junio.  

O espaço funciona dentro do Parque do Centenário da Imigração Japonesa, às margens do Rio Iguaçu. Ali, é possível conhecer os aspectos históricos, geográficos, sociais e também propostas de ações sustentáveis para a Bacia do Rio Iguaçu, compreendendo toda a sua extensão, desde as nascentes próximas a Curitiba até as Cataratas, em Foz do Iguaçu. Dinâmicas e atividades práticas foram desenvolvidas por monitores especializados para transmitir os principais conceitos da preservação do rio para crianças a partir de 6 anos.

Como agendar – Educadores e escolas interessadas podem solicitar visitas de campo, gratuitas, conforme disponibilidade dos monitores. O atendimento é feito de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, mediante agendamento. Solicitações podem ser enviadas por e-mail  visitas@sanepar.com.br ou no site da Sanepar, na aba Locais de Visitação

Estrutura - O prédio tem sala multimídia e auditório para 120 pessoas, onde são promovidos cursos de capacitação, palestras e eventos voltados à temática ambiental. Parte da energia elétrica consumida no local é gerada no próprio Memorial, por placas de energia fotovoltaica.

Em uma área de 301,4 mil metros quadrados, o espaço tem 3 km quilômetros de ciclovia, pista para caminhada, um campo de futebol oficial e espaço para estacionamento. O local pertence à Prefeitura de Curitiba e foi cedido para uso da Sanepar em dezembro de 2017.

Além do atendimento monitorado, o Memorial é aberto à visitação para a comunidade, de terça a domingo, das 9h às 17h. O Memorial e o Parque do Centenário da Imigração Japonesa estão situados na Avenida Comendador Franco, sem número, no bairro Uberaba, em Curitiba.  

Galeria