Notícias

Estiagem leva a rodízio no sistema de abastecimento de Cascavel

12/09/2019

A partir desta sexta-feira (13), a Sanepar implanta sistema de rodízio no abastecimento de água de Cascavel. A estiagem prolongada diminuiu drasticamente a vazão dos mananciais superficiais (rios) e subterrâneos (poços), reduzindo em cerca de 25% a produção de água tratada da cidade. Por outro lado, as altas temperaturas causaram aumento no consumo de água 20% acima da média para esse período do ano. Para atender com água tratada todas as regiões, a cidade foi dividida em sete setores que vão ter o abastecimento de forma alternada, com paralisação sempre no período da tarde.

“A Sanepar colocou todas as medidas emergenciais para garantir o abastecimento, porém não está sendo suficiente para manter a regularidade no abastecimento. O rodízio é a alternativa encontrada para os imóveis de todas as regiões da cidade recebam água tratada por pelo menos 18 horas diárias”, explica o gerente geral Renato Bueno. O gerente lembra que a medida é temporária e que, se cada um der a sua contribuição e fizer a sua parte com o uso racional, a Sanepar vai poder amenizar os impactos da falta de água na cidade.

A recomendação é que a água seja utilizada prioritariamente na alimentação e higiene pessoal. As limpezas pesadas, lavagens de veículos, calçadas, fachadas e a irrigação de hortas e jardins são atividades que devem ser adiadas até que a situação volte à normalidade.

FUNCIONAMENTO DO RODÍZIO – A cidade foi dividida em sete setores que terão o fornecimento de água interrompido a cada sete dias. O horário da interrupção do fornecimento de água será sempre das 12h30 às 19h, com previsão de normalização à meia-noite de cada dia.

Veja na tabela a divisão dos bairros por dia do rodízio.

Galeria