Notícias

Estudantes conhecem captação da Sanepar no Rio Pirapó

06/06/2019

Visita faz parte da programação da Semana do Meio Ambiente organizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Maringá

Os participantes do ciclo de palestras “Águas de Maringá”, evento organizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), visitaram nesta quinta-feira (6) a unidade de Captação da Sanepar no Rio Pirapó. Cerca de 40 pessoas receberam informações sobre as características do manancial que abastece a cidade e sobre as análises realizadas pela Companhia para garantir a qualidade da água distribuída para a população.

Durante a visita, o grupo, formado por estudantes, biólogos e gestores ambientais, também conheceu toda a estrutura da Sanepar para captação e bombeamento da águain naturaaté a estação de tratamento localizada no Jardim Alvorada. Eles também receberam informação sobre as ações desenvolvidas no local para dar mais segurança ao abastecimento da cidade em caso de novas enchentes.

Em janeiro de 2016, as chuvas elevaram o nível do Rio Pirapó em mais de 10 metros, deixando os sistemas elétricos e de bombeamento submersos, o que comprometeu o fornecimento de água para cerca de 85% dos moradores de Maringá. De lá pra cá, a empresa investiu mais de R$ 15 milhões na compra de conjuntos motobombas anfíbios, aquisição e elevação de novas centrais elétricas, modernização do Centro de Controle Operacional, entre outras melhorias.

Para o gerente regional de Maringá, Vitor Gorzoni, essas visitas são importantes para que as pessoas conheçam melhor a estrutura que da Companhia na cidade. “Isso é muito produtivo. São pessoas que, conhecendo a Sanepar, podem repercutir o bom trabalho da empresa.”

O gerente de Educação Ambiental da Sema, Ridevaldo Gomes, um dos organizadores do evento “Águas de Maringá”, afirma que a visita reforça a ideia de necessidade de conservação dos mananciais. “A educação ambiental é imprescindível para a preservação dos nosso rios. Por isso, programamos esta visita na Semana do Meio Ambiente.”

Foi a primeira vez que a estudante de Engenharia Ambiental e Sanitária, Jéssica Ferrari Paschoeto, visitou a captação. Ela destacou o trabalho realizado pela Companhia após a enchente de 2016. “A empresa teve bastante cuidado em trabalhar para suportar a vazão do rio. Fiquei bem impressionada com todos os equipamentos e esta estrutura da Sanepar.”

Galeria