Notícias

Medianeira segue em alerta e abastecimento de água vai continuar em forma de rodízio

26/03/2020

Sanepar recomenda que a população colabore usando a água para tarefas prioritárias

A Sanepar informa que, mesmo tendo adotado medidas emergenciais e complementado o abastecimento de água com caminhões-pipa, vai manter a programação do rodízio para a cidade de Medianeira. As equipes definiram novo cronograma de fechamento para o período de 27 de março a 02 de abril. O Rio Alegria e os poços que abastecem o sistema continuam com suas vazões reduzidas, o que ainda dificulta a operação do sistema de forma regular.

É imprescindível que todos façam uso racional da água. O horário previsto para a interrupção do fornecimento de água continua para o período das 8h às 18h. Também continuam sendo feitas as manobras das 23h às 4h da madrugada do dia seguinte, com a restrição da vazão nas saídas dos reservatórios, para permitir que se avolume a água para o abastecimento. Nesse horário noturno, pode ocorrer baixa pressão nas redes de distribuição e até mesmo falta de água nas regiões mais altas da cidade.

A recomendação é de que a água seja utilizada, prioritariamente, na alimentação e na higiene pessoal. As limpezas pesadas, lavagens de veículos, calçadas, fachadas e irrigação de hortas e jardins, são atividades que devem ser adiadas até que a situação volte à normalidade. A Sanepar orienta, também, que a população faça o reúso da água, por exemplo, aproveitando a água do enxágue das roupas para lavar calçados e pisos.

Programação do rodízio

Na sexta-feira (27), será interrompido o fornecimento de água para as regiões dos bairros Itaipu, Mutirão, Independência, Dom Pedro, Pavan, Pedreira, Berneck e Pinandi.

No sábado (28), as manobras vão interromper o abastecimento para os bairros Santos Dumont, Jardim Universidade, Cidade Alta 1 e 2, Nazaré, Centro (no quadrante das ruas Pedro Socool, Lagoa Vermelha, Avenida Veranópolis e Avenida Soledade), São Cristóvão (no quadrante da Avenida Soledade, ruas Londrina, Pará e Lagoa Vermelha), Panorâmico, Jardim Tropical, Ecovilla, Veneza, Maturavilla e Portal do Lago.

Domingo (29), o fechamento atinge as regiões do Nazaré (no quadrante das ruas Rio Grande do Sul, São Paulo, Veranópolis e Avenida Iguaçu), Jardim Florido, Parque Alvorada, Jardim Ipê, Ipezinho, Centro (no quadrante das ruas 24 de Outubro, Pedro Soccol, Veranópolis e Soledade), São Cristóvão (no quadrante da Avenida Soledade com a Londrina, 24 de Outubro e Pará), Condá (no quadrante das ruas São Luiz, Canafístula, Krão e Minuano e no quadrante das ruas Tupy, Maranhão, Minuano e 24 de Outubro) e Puerari (no quadrante das ruas Krão, Canários, São Luiz e Papagaios).

Na segunda-feira (30), a medida será adotada nos bairros Itaipu, Mutirão, Independência, Dom Pedro, Pavan, Pedreira, Berneck e Pinandi.

Na terça-feira (31), os bairros atingidos serão o Santos Dumont, Jardim Universidade, Cidade Alta 1 e 2, Nazaré, Centro (no quadrante das ruas Pedro Socool, Lagoa Vermelha, Avenida Veranópolis e Avenida Soledade), São Cristóvão (no quadrante da Avenida Soledade, ruas Londrina, Pará e Lagoa Vermelha), Panorâmico, Jardim Tropical, Ecovilla, Veneza, Maturavilla e Portal do Lago.

Quarta-feira, dia 1º, a interrupção atinge os bairros do Nazaré (no quadrante das ruas Rio Grande do Sul, São Paulo, Veranópolis e Avenida Iguaçu), Jardim Florido, Parque Alvorada, Jardim Ipê, Ipezinho, Centro (no quadrante das ruas 24 de Outubro, Pedro Soccol, Veranópolis e Soledade), São Cristóvão (no quadrante da Avenida Soledade com a Londrina, 24 de Outubro e Pará), Condá (no quadrante das ruas São Luiz, Canafístula, Krão e Minuano e no quadrante das ruas Tupy, Maranhão, Minuano e 24 de Outubro) e Puerari (no quadrante das ruas Krão, Canários, São Luiz e Papagaios).

Na quinta-feira (02), voltam a ser fechados os setores das regiões do bairros Itaipu, Mutirão, Independência, Dom Pedro, Pavan, Pedreira, Berneck e Pinandi.

Galeria