Notícias

Obras de esgoto e de água vão beneficiar Jardim Ipê, em Foz

08/11/2019

Sanepar investe mais de R$ 9,4 milhões com obras que atendem a antiga reivindicação de moradores

A Sanepar iniciou, há pouco mais de um mês, as obras de ampliação de esgoto na região do Jardim Ipê em Foz do Iguaçu e de implantação de uma nova adutora de água tratada que fará a conexão entre os reservatórios da Vila A e os localizados na Avenida República Argentina. Na área de esgoto, estão sendo executados um interceptor do Rio Mathias Almada e rede coletora. Os dois investimentos passam de R$ 9,4 milhões.

A implantação da rede coletora nos jardins Ipê 2 e 3 é uma antiga reivindicação da comunidade e vai levar o serviço para cerca de 15,5 mil pessoas. Até setembro de 2020 serão executados mais de 16 km de tubulação e implantadas 990 ligações de esgoto.

Além de promover saúde, essas obras também movimentam a economia da região. Com recursos financiados pela Caixa Econômica Federal, a Sanepar está investindo mais de R$ 6,88 milhões no interceptor e nas redes coletoras. E estão sendo gerados mais de 960 empregos diretos e indiretos.

O gerente regional Nilton Perez explica que, como o Jardim Ipê está localizado em uma bacia hidrográfica diferente da dos loteamento vizinhos, era necessário uma grande obra, com a implantação do interceptor antes de executar a rede coletora para levar o serviço de esgotamento às residências.

“A Sanepar buscou recursos junto à Caixa para viabilizar a obra. Assim será possível atender aos moradores da região, proporcionando mais saúde à população. O interceptor também possibilita estender a rede para bairros próximos localizados na mesma bacia hidrográfica”, diz.

O interceptor é uma tubulação de maior porte que faz o transbordo do esgoto das redes coletoras até a estação de tratamento. A tubulação terá a extensão de 4,8 km e margeia o Rio Mathias Almada até a Estação de Tratamento de Esgoto Jupira. Já foram executados cerca de 300 metros.

Como as obras ainda estão no início, ainda não é possível fazer a conexão das redes interna das casas à tubulação que está sendo instalada na rua. Os moradores da região estão recebendo comunicado para aguardar até que seja possível a execução da ligação do esgoto. Quando a rede for liberada, a Sanepar irá comunicar os moradores. E também fará reuniões comunitárias para manter a população informada do andamento da obra.

MAIS ÁGUA – A implantação de uma nova adutora de água tratada vai ampliar o fornecimento de água para toda a cidade. A interligação entre os reservatórios da Vila A e da República Argentina vai garantir mais estabilidade ao sistema de distribuição. Estão sendo instalados 3,8 km de tubulação de grande porte.

Este empreendimento tem investimentos de R$ 2,57 milhões. Para executar essas tubulações com mais de 500 milímetros de diâmetro serão necessário intervenções em algumas ruas da região leste do município.

Galeria