Notícias

Reservatório em aço vitrificado vai abastecer mais de 8 mil pessoas

13/04/2017

A unidade está sendo construída com uma moderna tecnologia no Bairro Canadá

A Sanepar está implantando mais um reservatório de água tratada para Cascavel. A moderna unidade está sendo construída no Bairro Canadá com a tecnologia do aço vitrificado no lugar do tradicional concreto armado. O reservatório deve entrar em operação até o fim de julho deste ano e terá capacidade para armazenar 660 mil litros de água.

Por meio dele serão abastecidas 2,1 mil ligações de água do Jardim Piatti, Canadá, Novo Milênio, Continental, Mirante, Piovesan, Ana Paula e Lupatini. A ampliação da capacidade de reserva de água beneficia diretamente mais de oito mil pessoas.

A nova tecnologia de placas de aço vitrificado oferece algumas vantagens em relação às unidades feitas em concreto. Uma delas é o prazo para instalação que é de cerca de 40 dias contra o prazo mínimo de seis meses das unidades convencionais. As placas de aço são parafusadas umas nas outras de forma rápida e segura.

Além de ter menor custo para implantação, o aço vitrificado elimina quase que totalmente as necessidades de manutenção e possibilita a mudança de local. “Esse tipo de reservatório facilita o processo de limpeza e extingue os trabalhos de reparos em pintura e impermeabilização”, explica o gerente da Sanepar, Renato Mayer Bueno. O custo para implantação deste reservatório é de R$ 930 mil.

O reservatório terá altura de 6,5 metros por 11,33 metros de diâmetro. No total serão instaladas 90 placas de aço vitrificado. O engenheiro Paulo Kissula, que fez visita de inspeção na fábrica GLSTanks International GmbH, na Áustria, diz que as placas unem a força e a flexibilidade do aço com a resistência do vidro à corrosão. Ele diz ainda que a espessura é dimensionada de acordo com a capacidade de cada reservatório.

A Sanepar já instalou reservatórios de aço vitrificado em São José dos Pinhais, Colombo e Maringá. Na próxima semana serão instaladas mais duas unidades. Uma em Santa Helena e outra na cidade de Realeza. Cada um deles vai armazenar um milhão de litros de água. Os reservatórios foram adquiridos por licitação na modalidade de pregão eletrônico.

Galeria