Notícias

Rodízio de abastecimento em Cascavel é cancelado

18/12/2019

A colaboração da população e o apoio de todos contribuíram para que a empresa mantivesse o fornecimento de água na cidade desde setembro

Após três meses da implantação do rodízio no abastecimento de água de Cascavel, a Sanepar cancela o alerta de risco no fornecimento de água. A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (17), após as equipes avaliarem a situação dos mananciais, verificando o volume e a vazão de água de cada um dos rios que abastecem a cidade.

Segundo o gerente geral, Renato Mayer Bueno, a contribuição, a colaboração e o apoio da população foram fundamentais para que a Sanepar mantivesse o sistema operando de forma regular e igualitária para todas as regiões da cidade durante todo o período, desde que foi implantado o rodízio, em meados de setembro. “Sentimos que os moradores de todas as regiões da cidade entenderam o momento de uma das piores crises hídricas que assolou nossa região e passaram a fazer a sua parte com o uso racional e consciente da água”, destaca o gerente, em agradecimento à população.

Durante esse período, foi imprescindível o apoio dos veículos de comunicação que auxiliaram na divulgação dos dias de fechamento, que fizeram o chamamento e o apelo para que a água fosse consumida prioritariamente na alimentação e higiene. “Os veículos de comunicação foram grandes aliados nesse momento de crise. Foi com o trabalho incansável das equipes da área de comunicação que as informações chegaram de forma clara e precisa para todas as regiões da cidade e contribuíram para o entendimento de todos”, ressalta Renato.

Vale destacar que os mananciais estão recuperando aos poucos as suas vazões.  Os rios Cascavel, Peroba e Saltinho tiveram aumento no volume de água com os 255 milímetros de chuvas registrados em dezembro deste ano. O Lago Municipal de Cascavel, que teve contribuição significativa no abastecimento da cidade, também já dá sinais de recuperação. Até esta terça foi registrado aumento de 55 centímetros na lâmina de água do lago. Porém, as chuvas estão ainda bem abaixo da média anual dos últimos anos. A estação meteorológica da Coopavel registrou média de 2.400 milímetros de chuvas nos últimos 6 anos. Em 2019, o acumulado chegou a 1.741 mm.

Mesmo com a suspensão do rodízio, a Sanepar vai continuar em alerta. O verão inicia-se oficialmente em 23 de dezembro, e as temperaturas tendem a subir, elevando naturalmente o consumo de água. O monitoramento continuará sendo feito diariamente para acompanhar vazões, consumo e armazenamento de água. Se houver necessidade de novas medidas, a Sanepar irá anunciar antecipadamente a população.

Galeria