Notícias

Sanepar e Copel estudam parcerias em pesquisas e tecnologia

12/05/2011

A Sanepar e a Copel pretendem atuar em conjunto no desenvolvimento de pesquisas e atividades de interesse comum. Técnicos das duas instituições estão reunidos desde ontem (dia 11) e hoje para identificar oportunidades de parcerias, cooperação técnica e repasse de metodologias em áreas afins.

Entre os principais temas, com grande expectativa de interação, três se destacam: uso mais eficiente da energia elétrica; controle de algas em represas e gerenciamento de lagos e reservatórios, e o aproveitamento do biogás.

A água é a matéria-prima das duas empresas, embora com finalidades distintas. Enquanto a Sanepar usa a água para atender as necessidades de saneamento básico, a Copel utiliza para geração de energia elétrica.

“Acreditamos que a Copel pode nos subsidiar com projetos que permitam reduzir nosso consumo de energia elétrica”, diz o gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Sanepar, Charles Carneiro.

Em contrapartida, por exemplo, a Sanepar oferece à Copel sua experiência no controle da eutrofização (algas) nos lagos e reservatórios usados para a geração de energia. Desde 2000 a Sanepar coordena redes nacionais de pesquisa que estudam as causas e soluções no controle da poluição da água armazenada.

“A Copel também tem interesse na geração de energia elétrica a partir do lodo de esgoto”, informa o gerente assistente da Superintendência de Engenharia Ambiental da empresa, Paulo Henrique Rathunde.

A apresentação das experiências de cada instituição e das áreas de interesse será concluída nesta quarta-feira. Na quinta-feira os técnicos vão elaborar as propostas de trabalho em comum, de repasse de tecnologia e de convênios para pesquisa e desenvolvimento tecnológico.

Diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Péricles Weber, fala na abertura do encontro

Grupos de trabalhos elaboram propostas

Galeria