Notícias

Sanepar faz balanço do atendimento no Litoral

04/01/2018

Companhia paranaense ampliou a produção de água e o atendimento com coleta e tratamento de esgoto

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) fez um balanço dos primeiros dias da Operação Verão Paraná. Para atender com água potável o crescimento da população durante a temporada, a empresa fez obras de melhorias e ampliação do sistema produtor e de distribuição de água. Foram instalados geradores de energia nas principais estações de tratamento e a disponibilidade de caminhões pipa para eventuais ocorrências foi ampliada.

Em dezembro de 2017, houve um aumento na produção de água tratada de 6,22% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Durante toda a temporada, a Sanepar vai trabalhar com sua capacidade máxima de produção. Desde o dia 21 de dezembro, foram registrados cerca de 10.000 atendimentos ao público no Litoral. Muitos proprietários de imóveis na praia aproveitam o verão para resolver pendências, principalmente pedidos de religação de água.
 
Novas ligações de esgoto - Em 2017, as obras de ampliação da rede coletora de esgoto beneficiaram mais 13 mil famílias dos municípios de Matinhos e Pontal do Paraná. São 29 novas estações elevatórias de esgoto e, após a conclusão da obra, serão 500 quilômetros de redes e 29 mil novas ligações de esgoto.

“A sazonalidade é uma característica do trabalho no Litoral. Em todos os segmentos da economia, no comércio, na hotelaria e também para nós, que prestamos um serviço público. A nossa equipe se prepara durante todo o ano para trabalhar na temporada com capacidade máxima para atender os moradores e o pessoal que vem de outras cidades”, afirma o presidente da Companhia, Mounir Chaowiche.

Praia limpa, confortável e acessível - Além dos serviços de água e de esgoto, prestados regularmente ao longo do ano, a Sanepar também é a responsável pela limpeza e higienização das areias das praias de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná durante a temporada. De 21 a 03 de janeiro, foram coletadas cerca de 200 toneladas de lixo nos municípios de Matinhos, Pontal do Paraná e Guaratuba. O trabalho está sendo feito por 91 coletores que recolhem resíduos e fazem a varrição de 60 km de areia. No período da noite, entram em ação as máquinas saneadoras, que peneiram e revolvem a areia (48 km), num processo de higienização da praia. Para estes trabalhos, são utilizadas 6 máquinas saneadoras, 7 equipamentos do tipo dumper (mini caçamba) e 6 tratores.

A Sanepar também desenvolve outros projetos que melhoram as condições das praias e oferecem mais conforto aos banhistas. Um deles é o projeto Chuá, com 55 duchas ecológicas instaladas em nove pontos fixos e três pontos móveis de atendimento nas principais praias do Litoral. As duchas utilizam água do lençol freático, que passam por um processo simples de filtração e cloração. “Ao tomarem duchas para tirar a areia do corpo na praia, as pessoas economizam água potável em casa”, explicou Chaowiche.

Outro benefício é o projeto Praia Acessível,  desenvolvido em parceria com a Secretaria Estadual da Família e Desenvolvimento Social. No projeto Praia Acessível, são disponibilizadas cadeiras anfíbias para pessoas com deficiência. Com rodas especiais e material resistente, as cadeiras permitem o deslocamento das pessoas da areia até o mar.

Nos pontos de atendimento da Sanepar nas praias, 48 profissionais treinados dão assistência a muitos usuários neste verão e conversam sobre questões relativas à sustentabilidade. Outra ferramenta utilizada de educação socioambiental é o ônibus EcoExpresso, que fica aberto à visitação pública durante toda temporada. “A Sanepar trabalha para promover o conforto da população que está nos municípios do Litoral nesta época do ano”, disse o presidente.

Galeria