Notícias

Sanepar perfura novo poço para Pranchita e Santo Anotônio do Sudoeste

27/01/2020

A unidade pode chegar a produzir um milhão de litros de água por dia, aumentando em 25% a produção de água

A crise hídrica que afetou diversas regiões do Paraná trouxe reflexos para os sistemas de abastecimento de água. Dentre as cidades que tiveram mais problemas estão Santo Antônio do Sudoeste e Pranchita. Os dois poços que abastecem de forma integrada os dois sistemas ainda não recuperaram suas vazões mesmo com a chegada das chuvas.

Atendendo pedido dos prefeitos dos dois municípios, a Sanepar perfurou um poço em Pranchita, de forma emergencial. O gerente geral da Sanepar, Renato Mayer Bueno, afirma que foram tomadas as medidas possíveis para manter o abastecimento. “Infelizmente, as chuvas não foram suficientes para fazer a recarga e aumentar a vazão dos poços, que estão produzindo 20% a menos da sua capacidade normal”, informa o gerente.

Os trabalhos de perfuração iniciaram-se no dia 21 de janeiro, chegando a 225 metros de profundidade. Desde os primeiros testes, a unidade apresenta boa vazão. E, se permanecer dentro do previsto, o novo poço poderá produzir cerca de um milhão de litros de água por dia, volume suficiente para atender a demanda de Pranchita pelos próximos anos. A previsão é que os serviços de interligação sejam concluídos em maio.

A partir da operacionalização do poço, cada uma das cidades terá centro próprio de produção de água. Os dois sistemas, no entanto, permanecerão interligados para garantir o abastecimento a todos os moradores tanto de Pranchita quanto de Santo Antônio do Sudoeste.

Até que o poço entre em operação, a Sanepar vai manter o rodízio no abastecimento. A avaliação será feita diariamente para definir se haverá ou não rodízio. O gerente ressalta que é importante o apoio da população para atravessar esse momento de crise. "Se todos colaborarem não haverá desperdício e todos poderão ter água diariamente em seus imóveis”, explica Renato.

Galeria