Notícias

Campo Mourão terá mais 25,8 mil metros de redes coletoras de esgoto

29/04/2021

Obras vão ampliar o serviço para mais 1.600 famílias e elevar o índice de coleta de esgoto para 93% da população

A Sanepar está executando a ampliação do sistema de esgoto sanitário de Campo Mourão. Estão sendo assentados mais 25,8 mil metros de redes para interligar 1,6 mil imóveis ao sistema de esgotamento sanitário da cidade. Essas obras vão elevar a 93% da população o atendimento com rede coletora de esgoto. E 100% do esgoto coletado recebe tratamento nas duas estações implantadas pela Sanepar.

Os investimentos de mais R$ 3 milhões vão estender os serviços para as regiões dos bairros Santa Cruz, Jardim Batel, Conjunto Mário Figueiredo, Conjunto José Rocha e para partes do Jardim Esperança e do Jardim Modelo. A conclusão do empreendimento está prevista para o fim deste ano. A gerente regional de Campo Mourão, Araceli Eliane Pendiuk Stela, lembra que a Sanepar trabalha rumo à universalização do saneamento nas diversas regiões do Estado. “Os sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário melhoram os indicadores de saúde e de qualidade de vida das cidades e Campo Mourão caminha para ter um dos melhores indicadores de esgoto do país”, afirma Araceli.

Novos investimentos – No plano de investimentos da Sanepar, já está prevista nova ampliação do sistema de esgoto na cidade. Novas redes coletoras serão implantadas em 2022/2023 com a finalidade de elevar o atendimento para 95% da cidade. O sistema tem atualmente 598 mil metros de redes coletoras pelos quais são coletados os dejetos de 37,2 mil domicílios.

Na implantação das redes, é necessário abrir valas e fazer a movimentação de terra, o que pode gerar transtornos temporários para os moradores. Em alguns casos, é até mesmo necessário quebrar calçadas e pavimentos. O que for danificado será recomposto até o término das obras.

A liberação da rede para que os imóveis sejam interligados ao sistema será feita de acordo com o cronograma das obras em cada bairro. Portanto, antes de fazer a ligação, os moradores devem aguardar a visita dos técnicos da Sanepar, que irão orientar sobre a forma correta de executar a ligação e definir o prazo em que poderá ser feito o serviço.

Galeria