Notícias

Sanepar recebe selo de instituição comprometida com causas sociais

23/05/2019

Mais de 100 empresas foram certificadas como instituição amiga das crianças, adolescentes e pessoas com deficiência

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) foi certificada nesta quarta-feira (22) como parceira da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A diretora Administrativa da Sanepar, Priscila Brunetta, representou a empresa na cerimônia de diplomação, junto com representantes de outras 100 instituições públicas, não governamentais e privadas. Com a diplomação, as instituições poderão utilizar o selo da Criai de amiga das crianças, dos adolescentes, dos idosos e das pessoas com deficiência.

Priscila elogiou a iniciativa, que foi do deputado estadual Cobra Repórter, presidente da Comissão, como forma de reconhecimento às empresas comprometidas com causas sociais. “A Sanepar já é signatária dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Além de já trabalhar para o objetivo 6, que visa assegurar disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos, também estamos comprometidos com o objetivo 3, o de atuar para assegurar vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades”, disse a diretora.

O deputado Cobra destacou que o selo de instituição amiga das crianças agrega valor à imagem da instituição, pois reconhece as ações positivas em benefício das crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência. “É uma forma de comunicação visual com o consumidor consciente, que identifica o engajamento social da empresa. Ele poderá ser utilizado em todos os materiais de comunicação como sites, papelaria, adesivos, banners, entre outros”, disse o deputado.

CRIAI - A Comissão de Defesa da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) é formada por sete deputados indicados por seus partidos para cumprirem a missão de fiscalização e legislação nas situações que envolvem crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência. Para 2019 e 2020, foi aprovado um Plano de Ação e um Regime de Metas para ações de fiscalização em diversas regiões do Estado.

Galeria