Notícias

Concluídas obras de esgoto na região norte de Foz do Iguaçu

02/04/2015

Moradores da região da Vila C Velha já podem interligar o imóvel à rede de esgoto

As obras de ampliação do sistema de esgoto na Região Norte de Foz do Iguaçu estão concluídas. Elas foram realizadas em duas etapas que beneficiaram cerca de 18 mil moradores da região. Na segunda etapa, que termina agora, a Sanepar assentou mais de 37,1 quilômetros de tubulação para atender a 1.650 imóveis localizados nos bairros Vila C Velha e São Sebastião. A primeira etapa contemplou a parte Norte do bairro, conhecido como Vila C Nova e terminou em 2012, atendendo mais de 11 mil pessoas.

Na Vila C Velha estão sendo beneficiados cerca de sete mil famílias que já podem conectar o imóvle à rede coletora de esgoto. A família do aposentado Diaciso Pereira Lopes mora no bairro há mais de 40 anos e disse que contratou profissional para fazer a ligação interna, assim que a Sanepar avisou que a rede estava liberada.

“Já aproveitei e fiz tudo certinho. Contratei um encanador aqui do bairro que fez o curso da Sanepar. Porque aí a gente tem garantia do serviço bem feito”, disse Diaciso. No final do ano passado, em parceria com o Conselho Comunitário da Vila C, a Sanepar promoveu um curso de aperfeiçoamento para encanadores. Profissionais da região aprenderam como fazer corretamente a ligação entre o imóvel e a rede de esgoto.

A Sanepar também está programando vistorias para verificar se as ligações foram feitas de modo correto. Nos próximos meses, profissionais contratados pela empresa percorrerão o bairro para identificar se há irregularidades, como a água de chuva ligada diretamente na rede de esgoto, o que é proibido. Durante a execução da obra, a Sanepar promoveu reuniões comunitárias para explicar o andamento dos trabalhos e como deveriam ser executadas as ligações individuais.

JUPIRA – Na etapa de ampliação da Vila C Velha, além da rede coletora, também foi construída uma nova estação elevatória e ampliada a Estação de Tratamento de Esgoto Jupira (ETE Jupira). Nesta ampliação está sendo construído mais um módulo de tratamento e adequado o já existente, duplicado o sistema de entrada do esgoto e construídos mais 13 leitos de secagem.

Atualmente a ETE tem capacidade para tratar 70 litros por segundo (l/s) e após a conclusão das obras a capacidade vai dobrar, alcançando os 140 l/s. A obra, que já está em fase final de execução, permitirá que a nova estação receba o esgoto da região Norte e atenda o futuro crescimento populacional da região.

Para concluir a rede, a elevatória e a ampliação da estação foram investidos cerca de R$ 8,42 milhões. O gerente geral Renato Bueno lembra que a implantação do sistema de esgoto na região da Vila C é uma antiga reivindicação da comunidade que agora se tornou realidade. “Em razão da topografia, a implantação do sistema de esgoto foi de alta complexidade e exigiu um grande esforço técnico e operacional da Sanepar”, diz.

Galeria