Notícias

Meta é avançar em universalização do saneamento, afirma presidente

07/05/2018

A Sanepar já possui índices acima da média nacional, mas deve investir mais de R$ 1 bi em 2018 para ampliar atendimento

Avançar rumo à universalização do saneamento nas 346 cidades onde a Sanepar atua é uma das principais metas do novo presidente da companhia, Ricardo Soavinski. “Vamos continuar investindo para alcançar a universalização do saneamento em todas as cidades onde a Sanepar está presente”, afirmou Soavinski na solenidade com a presença da governadora Cida Borghetti, que formalizou a posse no cargo de presidente nesta segunda-feira (7) na sede da Sanepar, em Curitiba.

A governadora reforçou o compromisso do governo do Paraná com o saneamento. “Investir nesta área é investir em saúde e nós não vamos nos cansar de perseguir a melhoria dos serviços ofertados à população. Estaremos sempre atentos às demandas dos municípios e vamos garantir a melhoria constante no atendimento. Somos um governo municipalista e estamos comprometidos em melhorar a vida das pessoas”, disse a governadora.

Soavinski também destacou a importância da conservação dos recursos hídricos para o fortalecimento econômico da companhia. “Com os nossos mananciais preservados, somos capazes de produzir água tratada a um custo mais baixo. Água em quantidade e com qualidade significa economia no tratamento e mais saúde para a população”, enfatizou.

Segundo o plano de investimentos da Sanepar informado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em 2018, a Sanepar vai investir R$ 1,18 bilhão em obras de ampliação do abastecimento de água e na coleta e tratamento de esgoto.

Indicado para presidir a companhia pela governadora, Soavinski foi eleito por unanimidade pelo Conselho Administrativo da companhia. Paranaense de Maringá, ele é graduado em oceanografia pela Universidade Federal do Rio Grande. Antes de assumir a Sanepar, presidia o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), entidade ligada ao Ministério do Meio Ambiente. Foi também secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná, entre 2015 e 2016, e ocupou o cargo de secretário nacional de recursos hídricos e ambiente urbano do Ministério do Meio Ambiente.

Investimentos - A Sanepar investiu, desde 2011, mais R$ 5 bilhões nos sistemas de água e de esgoto nas 345 cidades paranaenses em que atua e em Porto União, Santa Catarina, onde também é responsável pela operação do sistema. São obras que melhoram o atendimento a população e garantem saneamento básico de qualidade para mais de dez milhões de pessoas.

A Companhia paranaense tem índices superiores à média nacional, atende 100% da população das cidades onde está presente com água tratada, coleta mais de 70% do esgoto gerado nos centros urbanos e trata todo o esgoto que coleta. A média nacional de coleta e tratamento de esgoto não ultrapassa 50%. A companhia também atua na área de resíduos sólidos urbanos e opera os aterros sanitários nas cidades de Apucarana, Cornélio Procópio e Cianorte.

HOMENAGEM – A presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Silvana Canuto, sucessora de Soavinski no cargo, participou da cerimônia de posse e fez uma homenagem ao novo presidente da Sanepar. “Vocês podem ter a certeza de que terão como presidente um profissional íntegro e que deixou no Instituto Chico Mendes um legado de competência técnica e lealdade”, disse Silvana.

PRESENÇAS – Estiveram presentes na solenidade os secretários do Planejamento, Juraci Barbosa; da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; dos Assuntos Estratégicos, Edgar Bueno; do Cerimonial, Ezequias Moreira, da Cultura, João Luiz Fiani, e da Administração, Fernando Ghignoni, o assessor especial da Juventude, Edson Lau, o deputado federal Luciano Ducci; os deputados estaduais Maria Victória, Márcio Paulik, Nelson Justus e Alexandre Curi, o presidente Celepar, Jacson Leite; a presidente do Conselho de Administração da Sanepar, Márcia Carla; diretores da companhia, o ex-presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, prefeitos e vereadores.

Segue a íntegra do discurso de posse de Ricardo Soavinski na presidência da Sanepar:

Começo fazendo um agradecimento especial à governadora Cida Borghetti que muito me honrou com o convite para presidir uma das mais conceituadas empresas de saneamento do Brasil. Muito obrigado pelo reconhecimento e por entender que posso contribuir com a Sanepar e com o nosso Paraná! Também agradeço os Saneparianos e meus colegas de diretoria pela recepção acolhedora. Muito obrigado!

O nível mais profundo de gratidão estabelece o vínculo, pois, por meio dele, nos sentimos comprometidos com quem nos presta um favor, com quem nos concede o seu tempo, com quem nos concede uma honraria. Sou profundamente grato e, tenham a certeza, de que retribuirei com dedicação e muito trabalho.

A Sanepar conquistou reconhecimento nacional e internacional, atingindo níveis de excelência contando com o comprometimento e a competência de todos os seus colaboradores. A Companhia também tem aplicado seus recursos em obras que trazem qualidade de vida aos paranaenses, garantindo o pleno abastecimento de água e o tratamento do esgoto coletado.

Os índices de saneamento do nosso Estado são superiores quando comparados com os demais Estados do País e isso é fruto da dedicação sem limites dos Saneparianos e de um governo que tem total consciência do seu papel como promotor do bem comum.

Para que tenhamos uma ideia da magnitude do trabalho feito até aqui - e que de nenhuma forma pode ser paralisado - hoje, a Sanepar coleta e trata mais de 70% do esgoto gerado nas cidades onde atua. A média nacional é de 50%. A Sanepar leva água tratada para 100% da população urbana dos municípios onde está presente. Continuar firmes com o propósito de universalizar o saneamento seguirá sendo nossa meta e norte das nossas ações. Levar água de qualidade, coletar e tratar o esgoto e preservar os nossos recursos hídricos é o que deve sempre motivar os mais de sete mil empregados desta empresa exemplar.

Governadora Cida, são esses dedicados empregados os responsáveis pelo cuidado de 166 estações de tratamento de água, além dos mais de mil poços subterrâneos de captação, 243 estações de tratamento de esgoto e três aterros sanitários. A rede de abastecimento de água tem quase 53 mil quilômetros, extensão mais que suficiente para percorrer uma volta à Terra, seguindo sua circunferência equatorial, enquanto que a rede coletora de esgoto se estende por mais de 35 mil quilômetros.

Mas, para continuarmos atendendo a população com excelência é preciso muito trabalho e investir fortemente em projetos, tecnologias e atos sustentáveis. É necessário inovar para a sustentabilidade enfrentando com sucesso os grandes desafios da atualidade: as mudanças climáticas e a escassez de recursos naturais. Cuidar da nossa casa é primordial e já faz parte do cotidiano da Sanepar. Da natureza coletamos a água que levamos a milhões de lares paranaenses e para a natureza devolvemos a água limpa, livre de resíduos e em condições de seguir promovendo a vida. Portanto, agimos em consonância com o nosso ambiente e assim passamos a nos entender como uma empresa ambiental vocacionada ao saneamento.

Sim, a conservação ambiental deve ser entendida, sempre, como parte das atividades da Sanepar. Preocupar-se com o que chamo de infraestrutura verde é essencial para termos água de qualidade e na quantidade necessária para atender a população e manter os ciclos de vida. Esse ambiente natural é o que nos protege de longos períodos de estiagem e nos dá segurança hídrica.

Convido todos a contribuírem para formação de uma nova consciência desta grande Companhia. Precisamos nos comprometer, como Saneparianos, a desbravar os caminhos que nos levarão a atingir resultados ainda melhores. Principalmente, quero ajudar a construir e dar continuidade aos trabalhos grandiosos, que cada um de vocês ajudou a realizar, e que fizeram com que a Companhia se destacasse no cenário nacional como exemplo de sustentabilidade, respeitando os valores que elegemos e praticamos.

Não é possível ignorar o esforço feito até aqui. Os resultados dos projetos já desenvolvidos dão a certeza de que a Sanepar e os Saneparianos são engajados e conscientes do seu papel na sociedade. Projetos como o “Se ligue na rede”, “Do rio ao rio”, “Ecoexpresso Sanepar”, “Lodo para agricultura”, a higienização das areias do nosso litoral, entre outras iniciativas de relevância indiscutível, certificam que estamos e vamos continuar mirando para o futuro. Destaco ainda e parabenizo todos os envolvidos no desenvolvimento do programa “Moringa cheia”, que demonstra claramente a preocupação da Sanepar com as margens dos rios e olhos d’água nas áreas rurais que abrigam os nossos mananciais. Darei atenção total ao programa para que inicie rapidamente a sua fase de implantação.

Estou assumindo a presidência de uma companhia saudável financeiramente e em condições de expandir suas atividades como poucas estatais brasileiras do setor. A Sanepar foi ágil ao se adaptar e já cumpre todas as exigências da nova Lei das Estatais. A empresa tem práticas de governança, que garantem a sua credibilidade no mercado financeiro e proporciona melhores condições para captação de recursos e realização de investimentos.

Aos nossos parceiros investidores, que acreditam na Sanepar como uma empresa extremamente viável e capaz de produzir bons resultados, afirmo que todos podem seguir acreditando, pois nossa força realizadora só ganhará mais impulso e nossas responsabilidades seguirão sendo encaradas com muita seriedade.

Vivemos um novo e profícuo momento, em que não se pode recuar dos compromissos assumidos, em que a melhoria na prestação do serviço de saneamento deve ser contínua, em que a gestão tem que ser responsável, austera e conectada com as atualizações do mercado.

Também tenho a consciência da responsabilidade que o cargo que assumo me impõe. Quero trabalhar, ao lado de cada um de vocês, para continuar melhorando a qualidade de vida das pessoas. Quero trabalhar em prol do meio ambiente, da conservação dos recursos hídricos. Quero trabalhar pela promoção da educação socioambiental e formação de uma nova consciência sustentável. Quero trabalhar de forma participativa, integrando esforços com outros órgãos do governo, como as Secretarias de Estado do Meio Ambiente, da Saúde, da Agricultura, o Instituto Ambiental do Paraná, da Copel, com a iniciativa privada, com organizações não governamentais. Quero trabalhar para alavancar ainda mais os potenciais da Sanepar, uma empresa que orgulha a todos. Agora, como Sanepariano me desafio ao lado de vocês a continuar escrevendo a história de sucesso da Sanepar.

Começo aqui uma nova jornada. Assumir a presidência da Companhia de Saneamento do Paraná é a continuidade de um trabalho que desenvolvi ao longo da minha carreira como gestor e técnico da área ambiental. Sou oceanógrafo por formação e ocupei cargos em várias esferas da administração pública e em outras instituições. Aliás, sou funcionário público de carreira, minha origem é o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, uma autarquia federal que eu estava presidindo até aceitar este novo desafio.

Trago comigo a convicção de que a conservação ambiental e a busca pela sustentabilidade são chaves para o presente e para o futuro. Trabalhar numa empresa como a Sanepar me enche de orgulho porque sei que esta Companhia faz saneamento ambiental com o foco na proteção da natureza e na promoção de uma nova consciência sustentável.

Concluo, agradecendo mais uma vez a governadora Cida Borghetti pela indicação e aos Saneparianos e colegas diretores pela acolhida. Acredito piamente que juntos vamos continuar avançando rumo à universalização do saneamento no Paraná, em conjunto com a conservação do meio ambiente, com destaque para os recursos hídricos.

Muito obrigado a todos!

Galeria