Notícias

Obras no Sistema Passaúna entram em fase final

05/08/2019

Nesta terça, a última intervenção no sistema irá afetar o abastecimento em bairros de Curitiba e Região Metropolitana

Nesta terça-feira (6), a Sanepar realiza a última etapa das obras da Estação de Tratamento de Água (ETA) Passaúna em que haverá interrupção no abastecimento. A partir das 7 horas, equipes da Sanepar atuam na parte elétrica e em válvulas de controle de vazão e pressão do sistema. O término dos serviços está previsto para as 18 horas. O retorno do abastecimento ocorrerá de forma gradativa, com previsão de normalização na manhã de quarta-feira (7).

Depois desta etapa, serão feitas ainda intervenções que não devem prejudicar o abastecimento. Durante o mês de setembro, a Sanepar fará a operação assistida da nova estação elevatória, com testes das novas ligações e equipamentos. Após os testes, a elevatória entra em operação definitiva a partir de outubro.

Previstas no Plano Diretor do Sistema de Abastecimento de Água Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (SAIC), essas obras visam assegurar o abastecimento com água potável até o ano de 2040. Os investimentos foram de R$ 15 milhões.

O Sistema Passaúna produz 1.800 litros de água por segundo e abastece cerca de 630 mil pessoas em bairros de Curitiba, Araucária, Campo Largo, Almirante Tamandaré e Campo Magro.

As obras consistem em: construção de nova estação elevatória, impermeabilização das câmaras do reservatório, reforma dos floculadores e filtros da ETA, recuperação do reservatório de distribuição, que armazena 18 milhões de litros de água potável, substituição de válvulas de controle e melhorias no sistema elétrico.

Esta última intervenção irá interromper o abastecimento em bairros de Curitiba e quatro municípios da Região Metropolitana.

Curitiba: Augusta, Bigorrilho, Campina do Siqueira, Campo Comprido, Santo Inácio, Cidade Industrial, Mossunguê, Riviera, São Braz, Orleans, Cascatinha, Santa Felicidade, São João, Butiatuvinha, Lamenha Pequena, Campo de Santana, Caximba, Ganchinho, Tatuquara, Umbará e Sítio Cercado.

Araucária: Boqueirão, Cachoeira, Capela Velha, Centro, Costeira, Estação, Fazenda Velha, Laranjeiras, Passaúna, Sabiá, Vila Nova, D. Victoria, Jd. Plinio, Centro, Iguaçu, Campo Redondo, Palmital e Botiatuva.

Campo Largo: Jardim Keli Cristina, Vila Gilcy, Vila Torres 1, Vila Rebouças.

Almirante Tamandaré: Colônia Lamenha Grande, Dragão Verde, Nápolis, Lamenha Grande, Santa Maria, Santa Fé, Solar Tanguá, Nossa Senhora do Pilar, Tangua.

Campo Magro: Boa Vista.

Só ficarão sem água os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo. O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Galeria