Notícias

Plano para a segurança da água de Cascavel será debatido no dia 19

13/12/2019

A Sanepar promove, em 19 de dezembro, o 1º Workshop Plano de Segurança da Água de Cascavel, com a finalidade de apresentar o andamento e o cronograma de aplicação do Plano da Segurança da Água (PSA). Desenvolvido de acordo com a metodologia da Organização Mundial da Saúde (OMS), o plano atende às diretrizes do artigo 3, do Anexo XX, da Portaria de Consolidação número 5 do Ministério da Saúde. O workshop tem apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, da Defesa Civil, do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Pioneirismo– O PSA de Cascavel é o primeiro que está sendo elaborado no Brasil e servirá de base e modelo para os demais municípios brasileiros. A gerente regional da Sanepar, Rita Camana, explica que o plano é do município de Cascavel e que a Sanepar, como detentora da concessão dos serviços de abastecimento, tomou frente nos levantamentos e mapeamento das bacias dos mananciais e vai apresentar à sociedade os compromissos do PSA. “A responsabilidade deve ser compartilhada e é necessária a participação das instituições para desenvolver e apoiar as ações que estarão definidas no Plano”, afirma a gerente.

A gerente de Recursos Hídricos da Sanepar, Ester Amélia Assis Mendes, fará o relato das características das bacias dos rios Cascavel, Peroba, Saltinho e São José, baseada nos dados apurados no mês de novembro, apontando o mapa e a classificação dos riscos urbano e rural na bacia.

O termo de referência do Plano de Ação de Emergências da Barragem do Lago Municipal de Cascavel também será apresentado no evento pelo geólogo Raul Alberto Marcon, coordenador de Gestão de Reservatórios e Mananciais da Sanepar. O trabalho aborda principalmente as questões da qualidade dos mananciais e estudo de manejo do macroinvertebrado nas bacias. E o capitão do Corpo de Bombeiros, Murilo Sinque de Paula, trará informações sobre cidades resilientes e inteligentes, que buscam a sustentabilidade ambiental.

O workshop é aberto à participação de toda a sociedade civil, universidades, entidades e órgãos ambientais, ONGs, Câmara de Vereadores, secretarias municipais de Cascavel e demais pessoas interessadas. A proposta é abrir o debate para esclarecimento das dúvidas, para coleta de sugestões, propostas e projetos de melhorias ambientais. Ao término do workshop será elaborada a Carta de Cascavel.

O evento tem início às 8h30, na sede da OAB Cascavel, na Avenida Assunção, 668.

Galeria