Notícias

Prefeito de Londrina cria Fundo Municipal de Saneamento

05/04/2016

O fundo receberá recursos da Sanepar para investimentos em drenagem urbana e resíduos sólidos

O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, sancionou na manhã desta terça-feira (5) a Lei 12.400, que revisa o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e cria o Fundo Municipal de Saneamento Básico e Desenvolvimento Sustentável. Kireeff anunciou também que, nos próximos dias, irá assinar a lei que autoriza o município a firmar convênio com o governo do Estado para assinar contrato de programa com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) para a prestação de serviços na cidade durante os próximos 30 anos.

Segundo o prefeito, o PMSB e a criação do fundo de saneamento são ações estruturantes, que organizam e direcionam o desenvolvimento do sistema de saneamento na cidade. “O PMSB garante investimentos de R$ 1,6 bilhão ao longo de 30 anos em serviços de saneamento com critérios de excelência. E o fundo irá receber mais de R$ 200 milhões, conforme o contrato de programa a ser assinado, o que permitirá ao município fazer intervenções em drenagem urbana, gestão de resíduos sólidos e desassoreamento de lagos”, disse.

Kireeff destacou que o PMSB projeta Londrina para ser a primeira cidade em saneamento básico do país. “Londrina ocupava a 13ª posição, estava em 4º lugar e agora já somos a segunda cidade. Temos tudo para ser a melhor em saneamento, o que garante boas condições de vida para a população e melhorias para o meio ambiente. E temos indicadores específicos para medir a qualidade de cada serviço”, explica.

Participaram da assinatura, no gabinete do prefeito, o assessor executivo de projetos especiais da prefeitura, Carlos Geirinhas, os vereadores Elza Correia e Roberto Kanashiro, secretários e outras autoridades.

Galeria