Notícias

Sanepar entrega obras e anuncia investimentos no Sudoeste

02/02/2018

 Mais de 760 milhões de reais foram investidos na região nos últimos sete anos

O presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Mounir Chaowiche, percorreu nesta sexta-feira (2) cidades da Região Sudoeste do Estado. Ele anunciou obras e novos investimentos. “Os investimentos que estamos anunciando hoje contemplam a ampliação dos sistemas de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto. O saneamento é prioridade para o governo do Estado e promove a saúde e a qualidade de vida dos paranaenses”, afirmou o Mounir.

Em Realeza, o reservatório inaugurado terá capacidade de armazenar um milhão de litros de água e aumentará em 150% a capacidade de reservação do sistema. O presidente também anunciou na cidade a ampliação do sistema de coleta e tratamento de esgoto. A Estação de Tratamento de Esgoto de Realeza vai dobrar a capacidade de tratamento. Depois das obras, o município ampliará o índice de atendimento com rede coletora de esgoto (IARCE) para mais de 80%.

Para o prefeito de Realeza, Milton Andreolli, investimentos em saneamento impactam em outras áreas da administração. “Nós só temos a agradecer ao governador Beto Richa e ao presidente da Sanepar Mounir Chaowiche por nos concederem esses investimentos. O saneamento representa a melhoria da saúde pública de Realeza”, afirmou.

Em Nova Prata do Iguaçu, o presidente participou de uma reunião com o prefeito Adroaldo Hoffelder, o Sassá, para juntos renovarem por mais 30 anos a parceria do saneamento básico, com a assinatura do Contrato de Programa entre a Sanepar e a Prefeitura Municipal.

Durante o evento, também foi anunciada a implantação do sistema de esgotamento sanitário. Será construída uma estação de tratamento de esgoto e também rede coletora. O atendimento vai atingir 70% da população da cidade. Outras obras também foram anunciadas: a interligação da Linha Nova Vitória no sistema de abastecimento da área urbana da cidade e as obras de ampliação da estação de tratamento de água, que passará a tratar 30 litros de água por segundo.

Em Pato Branco, os investimentos são destinados à ampliação do sistema de esgoto sanitário. A cidade vai ganhar uma estação de tratamento de esgoto compacta, com capacidade para tratar 10 litros de dejetos por segundo. Ainda serão implantados mais 14 quilômetros de tubulações para coletar o esgoto de 730 imóveis. A estação e as redes vão atender os moradores do Bairro São João.

Além da ampliação do sistema de esgoto, eu também destaco a obra que vai dobrar a capacidade de captação de água, garantindo pelos próximos 30 anos o abastecimento em Pato Branco”, disse o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi.

Em Mariópolis, foi lançado o edital para a retomada das obras da estação de tratamento de esgoto, da implantação de 13,2 mil metros de redes coletoras e de instalação das ligações de esgoto em mais de 450 imóveis. A obra estava paralisada há cerca de dois anos em razão da rescisão do contrato da empresa vencedora da licitação em 2014. A implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto vai beneficiar 5,8 mil moradores de Mariópolis. O prefeito Neuri Gehlen participou do evento. “Mariópolis recebe esse investimento com muita alegria, saneamento significa mais saúde para a nossa população”, afirmou.

Galeria