Notícias

Sanepar participa de interiorização do Governo em Cascavel

07/02/2019

Na região, estão sendo feitos investimentos de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário

O diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, participa na quinta e na sexta-feira (7 e 8) do programa de interiorização do Governo do Estado em Cascavel, no Oeste do Paraná, ao lado do governador Carlos Massa Ratinho Junior, do vice-governador Darci Piana, de outros presidentes de empresas públicas e autarquias e de secretários de Estado.

A transferência da sede do Executivo Estadual para Cascavel coincide com o Show Rural Coopavel, um dos maiores eventos do calendário agropecuário nacional. A expectativa é que a interiorização aproxime o Governo da população. A Sanepar participa do Show Rural com o ônibus EcoExpresso que mostra o caminho da água do rio ao rio, com ajuda de maquete interativa.

“A Sanepar já tem forte atuação em todo o Estado. Vamos aproveitar este evento para estreitar o contato com lideranças e prefeitos da região para reforçar o papel da Sanepar de levar saúde à população por meio dos serviços de água potável e coleta e tratamento de esgoto”, disse Stabile.

Cascavel é a segunda melhor cidade brasileira em saneamento, conforme o último ranking do saneamento divulgado pelo Instituto Trata Brasil, a partir de dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) de 2016, do Ministério das Cidades. Neste mesmo ranking, Curitiba se mantém como a melhor capital do país em saneamento básico; Maringá ocupa o 5º lugar, Londrina e Ponta Grossa também seguem bem posicionadas, em 13º e 14º, respectivamente, entre as 100 maiores cidades do País.

No quadro de melhor índice de atendimento total de esgoto, Cascavel está em primeiro lugar (empatada com Piracicaba-SP), e Curitiba, Londrina, Maringá e Ponta Grossa ocupam a segunda posição, com quase 100% de atendimento, acima da média do ranking das 100 maiores que é de 72,14%.

No Paraná, em todos os municípios atendidos pela Sanepar, 100% da população urbana é abastecida com água potável. E 72,5% da população tem serviço de coleta de esgoto, com 100% de tratamento do esgoto coletado.

O governador Ratinho Junior já destacou a importância da Sanepar para o desenvolvimento econômico e social do Paraná. De 2019 a 2023, estão previstos investimentos de R$ 7,1 bilhões, distribuído em R$ 2,9 bilhões para serviços de água, R$ 3,7 bilhões para esgoto e R$ 376,0 milhões para infraestrutura, resíduos sólidos e outros.

CASCAVEL - A Sanepar investiu R$ 5,25 milhões em obras de ampliação do sistema de abastecimento de água de Cascavel. Entrou em operação em janeiro o Centro de Reservação da Região Norte, na região dos Bairros Country e São Cristóvão, com capacidade para armazenar 4 milhões de litros de água, adutoras e tubulações. 

Também estão em andamento obras no valor de R$ 70 milhões de ampliação do sistema de abastecimento de água, que englobam barragem e captação de água do Rio São José, elevatórias, desarenador, adutoras, modernização da estação de tratamento de água, reservatório, linhas de recalque e lagoas de lodo, parte elétrica e unidade de tratamento do lodo da estação. A previsão é que sejam concluídas em junho deste ano. 

TOLEDO – Com início de operação em janeiro, foi implantado um reservatório vitrificado do Jardim Panorama, com capacidade de 2 milhões de litros de água, que atende os moradores do Jardim Panorama, da Mata e São Francisco e Cesar Park. E o poço 22, com produção de 90 mil litros de água por hora, beneficiando os moradores do Jardim América, Europa e Santa Clara. Os investimentos nessas obras foram de cerca de R$ 2,2 milhões.

Estão em andamento obras com investimentos de R$ 2,9 milhões para a construção de três reservatórios vitrificados, que vão ampliar em 73% a capacidade de reservação de água. Um no Jardim Coopagro, com 2 milhões de litros de água, que irá beneficiar os moradores do Coopagro e Fachini. Outro no Jardim Porto Alegre, com 1,1 milhão de litros de água, que vai atender Jardim Porto Alegre, Jardim Independência e Jardim Gisela. E o terceiro no Jardim América, com 2 milhões de litros, para os moradores do Jardim América, Europa e Santa Clara. A previsão é que esses reservatórios sejam entregues em junho deste ano.

PALOTINA – Entrou em operação em janeiro um novo reservatório vitrificado, com capacidade de 2 milhões de litros de água, em Palotina. Os investimentos foram de R$ 934 mil.

Outros R$ 5,1 milhões estão sendo investidos na ampliação do sistema de abastecimento de água. Previstas para serem entregues em abril, as obras são de interligação de dois poços tubulares profundos, que vão ampliar o fornecimento de água em 4 milhões litros por dia, um deles na área do Centro de Reservação Osvaldo Cruz e o outro na Linha Dois Irmãos.

Também estão sendo implantados 1,5 km de adutora e mais 12,2 km de redes de distribuição de água para melhorar a setorização do sistema distribuidor de água para todas as regiões da cidade. A adutora deve ser trocada por outra com maior capacidade.

No sistema de esgotamento sanitário, estão em andamento obras de ampliação, no valor de R$ 1,98 milhão. São 8,7 km de rede coletora e de interceptores de esgoto, para atender parte dos bairros Dalas, Diamante, Jardim Universitário e do Morada do Sol. O índice de atendimento com rede coletora vai passar dos atuais 63% para 70%. Com 2,4 km de interceptores, será feita a interligação de imóveis dos bairros Cassol, Região do Lago, BNH e do Loteamento Stela ao sistema de esgoto da cidade. A previsão é que essas obras sejam concluídas em setembro deste ano.

Galeria